Cinco causas comuns de disfunção erétil

Cinco causas comuns de disfunção erétil

Confira alguns dos fatores que mais causam disfunção erétil.
Cinco Causas de Disfunção Erétil

Eis que você está acordado de madrugada assistindo televisão e passa um comercial. Um homem mais velho em um encontro com uma mulher bonita em um ambiente romântico. Eles dão as mãos enquanto andam por aí ou comem uma boa refeição. Um grande sorriso se estende por seu rosto quando ele olha em seus olhos, mas algo o incomoda em segredo.

Também conhecida como disfunção erétil ou impotência sexual, a disfunção erétil ocorre quando um homem é incapaz de obter ou manter uma ereção firme o suficiente para relações sexuais. A disfunção erétil pode indicar um sério problema de saúde.

A chance de disfunção erétil aumenta com a idade (22% dos homens com mais de 60 anos e 30% dos homens com mais de 70 anos sofrem de impotência), mas não é uma parte inevitável do envelhecimento. Pelo contrário, ela pode ser causada por alguma outra condição física ou psicológica.

1 – Condições Médicas

Condições médicas graves, como doenças cardíacas, podem ser a origem de sua disfunção erétil. É um fato que as causas de doenças cardíacas e disfunção erétil são muito semelhantes. Os sintomas da disfunção erétil podem ocorrer mais precocemente do que os da doença cardíaca devido a problemas cardiovasculares como a aterosclerose. Acredita-se que a aterosclerose, o estreitamento dos vasos sanguíneos em todas as partes do corpo, seja a causa mais comum de disfunção erétil e um sinal de alerta de um futuro ataque cardíaco ou derrame cerebral. Outras condições médicas que colocam os homens em risco de disfunção erétil são diabetes, doença renal crônica, esclerose múltipla e doença de Peyronie.

2 – Medicamentos

Você está tomando algum medicamento regularmente? Certos medicamentos podem dificultar a obtenção de uma ereção, como antidepressivos, anti-histamínicos ou medicamentos para pressão sanguínea. Embora esses medicamentos possam tratar uma condição, eles também podem afetar os hormônios, os nervos ou a circulação sanguínea, o que pode aumentar o risco de disfunção erétil. Se você acha que sua disfunção erétil pode ser efeito colateral de um medicamento, consulte seu médico.

3 – Problema Emocional

Problemas de relacionamento que causam estresse podem levar a dificuldades no quarto. Depressão, ansiedade, baixa autoestima, culpa e medo de não conseguir satisfazer seu parceiro são fatores que contribuem para isso.

4 – Escolhas de estilo de vida

Tomar decisões ruins sobre a saúde pode afetar sua capacidade de ter uma ereção. Homens com excesso de peso, fumantes, alcoólatras ou usuários de drogas são mais propensos a apresentar disfunção erétil.

5 – Lesão Física

Enquanto o exercício é ótimo para sua saúde, tenha cuidado com qualquer atividade física que possa ferir seus órgãos genitais, pois lesões nessas áreas do corpo podem causar disfunção erétil. Com a crescente popularidade do ciclismo, os homens expressaram preocupação sobre se este exercício contribui para a disfunção erétil. Confira um estudo acerca disso clicando aqui.

A Clínica Homini está em São Paulo e é especializada em Saúde Sexual Masculina. Agende sua consulta conosco clicando aqui, pelos telefones: (11) 3926-0095 ou (11) 3926-0094 ou clique aqui para Whatsapp.

Artigo originalmente publicado em Science Daily.

Leia Mais