Reposição hormonal: quem deve ser submetido?

Reposição hormonal: quem deve ser submetido?

A reposição hormonal é um tema bastante polêmico. Alguns profissionais são extremamente favoráveis, enquanto outros consideram a prática desnecessária e até mesmo arriscada.

reposição hormonal quem deve ser submetidoO ideal, é que cada paciente passe por avaliação de seu médico de confiança. De modo que, a reposição hormonal possa ser debatida entre médico e paciente. Contribuindo para encontrar qual a melhor maneira de cuidar da sua saúde. Preservando a sua qualidade de vida.

Existem diferentes tipos de reposições

Ao recorrer a opção de fazer reposição hormonal, é importante entender que existem diferentes tipos de reposições.

Cada tipo, combina um hormônio específico que é mais adequado para a sua necessidade. Portanto, cada paciente recebe um tipo de reposição, que é baseado nos resultados de seus exames.

É preciso dosar os hormônios do corpo, analisar os sintomas relatados pela paciente e com base nisso, prescrever os hormônios ideais, no caso dos homens, a testosterona.

Combinar esses fatores é fundamental, além de realizar o acompanhamento do paciente para analisar se a reposição está sendo eficaz.

Quem pode se beneficiar de reposição hormonal?

Nos homens, a terapia de reposição hormonal é indicada, especialmente, aos pacientes que possuem baixos níveis de testosterona, condição que pode levar a disfunção erétil e precisa ser tratada de maneira adequada.

Este tipo de tratamento pode ser feito por meio de aplicações, com o devido acompanhamento médico, mas também por meio de géis que são aplicados em regiões específicas do corpo, como braços, abdômen e ombros.

Reposição hormonal não combina com fins estéticos

O uso de hormônios para fins estéticos não é indicado por profissionais de saúde. Tendo em vista que, esse tipo de recurso pode até gerar um aspecto mais jovem. Em contrapartida, a saúde será prejudicada.

Mesmo quando existe um acompanhamento médico para o uso de hormônios com objetivos estéticos, o corpo pode não reagir bem.

reposição hormonal quem deve ser submetidoAo mesmo tempo que ganha músculos e uma pele com aparência mais jovem, os hormônios podem deixar a paciente com espinhas pelo corpo todo.

Além disso, o uso indiscriminado de hormônios por conta própria ou com acompanhamento visando objetivos meramente estéticos aumenta o risco de diversos tipos de câncer.

Justamente por estar consumindo algo que o corpo já tem em doses naturais. O uso de hormônios só é indicado por bons médicos quando a paciente está com algum déficit.

Seja por um problema de saúde ou por causa da menopausa, o uso de hormônios com o acompanhamento médico pode trazer bons resultados.

Caso o objetivo seja meramente estético, vale a pena reavaliar a questão. Tendo em vista a seriedade das alterações que podem ser causadas em sua saúde.

Quanto tempo dura a reposição hormonal?

reposição hormonal quem deve ser submetidoA medicina aponta que o ideal é começar a reposição hormonal quando os primeiros sintomas de menopausa incomodam. Assim como nos homens, onde há a ausência de testosterona em decorrência do processo de envelhecimento.

No entanto, não existe um período ideal para continuar fazendo o uso dos hormônios. O ideal é que, cada paciente experimente junto com seu médico se a reposição hormonal está funcionando e sendo benéfica.

Observando os resultados do corpo e quais são os benefícios que está obtendo. De modo que, a reposição possa ser suspendida também de acordo com os sinais do corpo e exames.

O ideal é que a reposição hormonal seja mantida sempre quando os benefícios são maiores que os riscos. Caso contrário, a paciente está se expondo desnecessariamente ao risco elevado de desenvolver alguns tipos de câncer. Principalmente o câncer de mama.

O que pode ser tratado com a reposição hormonal

reposição hormonal quem deve ser submetidoA mudança hormonal causada pela menopausa acarreta variados sintomas para o corpo da mulher. Entre eles, os principais são:

Devendo ser analisado quando existem sintomas e se eles estão se manifestando em intensidade que possa prejudicar a qualidade de vida do paciente.

Caso o sintoma seja apenas esse, não justificaria uma reposição hormonal. Uma vez que, os riscos da reposição são maiores que o benefício de voltar a ter uma vida saudável.

A Clínica Homini está em São Paulo e é especializada em Saúde Sexual Masculina. Agende sua consulta conosco clicando aqui, pelos telefones: (11) 3926-0095 ou (11) 3926-0094 ou clique aqui para Whatsapp.

Leia Mais